Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2018

Crise escancara fracasso do Neoliberalismo, forma parasitária do Capitalismo

O Brasil está vivendo um triste momento histórico nos últimos dias, que certamente iniciará algum tipo de ruptura, ainda não se sabe de que lado for. Pois o caos instalado pode criar uma ruptura que favoreça a população ou uma ruptura que preserve os interesses dos capitalistas que parasitam toda a economia para que tudo aconteça a favorecer a sua faminta ganância.
Economistas sérios - não confunda com banqueiros disfarçados de economistas ou com economistas pagos pela grande mídia a discutir o sexo dos anjos - garantem que o Neoliberalismo está com os dias contados. O contexto do século XXI não comporta uma ideologia baseada na ganância e no lucro imediato. O Neoliberalismo deve ser extinto para que a economia encontre seu rumo e possa beneficiar o maior número de pessoas e não uma meia dúzia de magnatas.
A crise de 2008 foi bem sintomática e serve como uma prova real de que o Neoliberalismo é um sistema não apenas obsoleto como nocivo a humanidade. É mais do que necessário o surgim…

A tradição escravocrata de nossos empregadores

A Administração sempre se evoluiu em sua história em prol do bem estar do trabalhador. A realidade provou que a economia dá certo quando empregados são bem remunerados e com condições amplas de consumir. Mas os empresários brasileiros de quaisquer níveis se esqueceram deste detalhe e preferiram exalar o instinto escravocrata marcante das elites tradicionais brasileiras.
Irritados com os benefícios cedidos pelos governos progressistas às classes trabalhadoras quando na verdade deveriam ficar contentes, o empresariado nacional decidiu, em quase unanimidade, elaborar um golpe político que encerrou o ciclo progressista para resultar nisso tudo que estamos vendo: a volta das forças gananciosas no comando do país, alterando as leis para que apenas a elite fosse beneficiada, às custas do prejuízo do resto da sociedade brasileira.
A reforma trabalhista, que considero a pior coisa feita pela gestão golpista de Michel Temer (sob orientação dos capitalistas de linha neoliberal representados pel…

Nada a comemorar

Hoje deveria ser uma data comemorativa, mas a realidade sugere que temos muito mais a refletir e protestar do que comemorar. Aliás não há motivos para comemorar. 
Os verdadeiros trabalhadores, que pegam no peso, na sujeira e nas dificuldades para ganhar um mísero trocado, nunca tiveram vez e voz no sistema Capitalista, criado para beneficiar apenas quem distribui ordens em troca de imensas fortunas nunca justamente distribuídas. 
Se tem alguém com motivos a comemorar, são os patrões. Isso até a economia mostrar que fracassa quando o poder de consumo da classe trabalhadora se reduz, fechando as portas de inúmeras empresas dependentes da circulação de dinheiro.
As grandes empresas sim, tem que comemorar bastante. Os donos do gigantesco capital são na verdade rentistas e lucram pouco com o movimento da economia. Seus maiores ganhos vem do rentismo, que é a dependência do mercado especulativo (bolsa de valores, juros, ajuda de governos, etc.) e por isso que grandes empresários deram o go…